6.12.08

BUENAS

Gosto muito desses dias ensolarados e frios de temperatura atípica que estão fazendo nesse início de dezembro. Me lembram as manhãs de fim de maio das ilhas gregas ou baleares, que sempre nascem acompanhadas de um vento frio, antes de esquentarem de vez a tarde. Por mim, podia ficar para sempre assim. O único problema é a saudade que dá desses lugares, do mar azul, comida e vinhos bons, e da miscelânea de gente descontraída e a fim de se divertir que a gente encontra naquelas praias. Pois é. Não sei se estou envelhecendo e o que chamo de saudades é um certo saudosismo, mas a verdade é que venho pensando com cada vez mais freqüência nesses lugares e nos seus cheiros. O homem do tempo diz que esse friozinho atípico vem acompanhando uma frente fria estacionada no oceano. Talvez seja isso. Mas acho que tem alguma coisa a mais despertando minha memória sensorial. Tenho um olfato apurado. Sinto o cheiro dos perfumes que vem de outros mares e ares. Então, que sejam bem vindos. Kalimera!

Um comentário:

Monca disse...

buenas sinestesias e lembranças de "O Perfume".