3.2.09

O FILÓSOFO

Ontem assisti a reprise da entrevista que foi ao ar em outubro do ano passado no programa Roda Viva com o filósofo e psicanalista Zïzëk. De origem eslava ele fala inglês com o sotaque carregado e como se tivesse aprendido a falar em pizzicato. Tem um pensamento ágil e inteligente, mas muitos tiques gestuais. Isso me despertou ainda mais a curiosidade. O tipo é simpático mas transmite uma aflição incalculável. Dispara a falar sem ponto e vírgula num pula pula acentuado de sua voz, mas por outro lado, ele discorre habilmente sobre suas idéias e nos prende a atenção. Mudei de canal algumas vezes porque fiquei aflito com suas quarenta mil passadas de mão no cabelo e no nariz, mas voltava porque queria ouvi-lo falar. Acho que vou comprar um de seus livros, assim não preciso vê-lo nem ouvi-lo. Esta é a vantagem do livro. A gente lê ouvindo a nossa própria voz e não a do autor.

Um comentário: